Cópia de fita de Áudio DAT e Mini Disc MD para CD - Video Shack Laboratório Audiovisual - Empresa de Acessibilidade para TV e Cinema

Faça Cópia de Fita de Audio DAT e Mini Disc MD para CD

para você que não tem tempo a perder!​

Aceitamos todos os cartões e boleto bancário

SERVIÇO DE CÓPIA DE FITA DE ÁUDIO DAT E MINI DISC MD PARA CD

Fitas VHS para DVD
Fita de áudio DAT e Mini Disc MD para CD

Converta qualquer áudio para para CD ou arquivos digitais

Serviços de qualidade que em seguida, disponibiliza opção de digitalização e conversão para diversos formatos de arquivos de áudio: WAV, AIFF, MP3, WMA.

Prestamos serviços de digitalização de áudio e vídeo. Faça uma consulta Agora.

Este serviço pode ser catalogado com separação de faixas por música e arquivo, para facilitar a organização do acervo.

A VIDEO SHACK transforma arquivos e mídias de audio em CD ou arquivos digitais e é uma empresa produtora de serviços audiovisuais para pessoa física e empresas, tais como: filmes, vídeos, TV e Cinema. Fazemos serviços de conversão e/ou digitalização de áudio, vídeo e slides em diversos formatos.

Passar de Mini Disc para CD, HD externo, Cartão de memória. Converter VHS – Preço Justo

Cópia de Mini disc para CD Ou Pendrive – MD Mini Disc – Áudio e Vídeo.

Digitalização de Fitas de Vídeo e Fitas de Áudio com profissionalismo, tecnologia e pessoal qualificado, são nossas ferramentas para entregar a melhor qualidade.

Soluções Digitais – Digitalização de documentos

Arquivos em formato de mini disc da Sony. Em conclusão, a conversão do disco Mini Disc para WAV ou MP3 com qualidade, segurança e preço justo.

Empresa de serviço de tecnologia audiovisual atuante na área de digitalização de arquivos, fitas,vídeos, imagens e etc. Informações sobre Vídeo, Áudio, K7, discos de Vinil, DAT, fitas de rolo de áudio, e etc.

Fita de áudio DAT
Participe de nossa newsletter e fique sabendo de promoções e conteúdos interessantes.

MiniDisc (MD) é um disco ótico de armazenamento de dados. É utilizado normalmente para armazenamento de áudio digital. A tecnologia foi anunciada pela Sony em 1991 e introduzida em 12 de Janeiro de 1992. O MiniDisc tinha como objetivo repassar o áudio de analógico, como é armazenado num cassete (tape) para o sistema digital de alta fidelidade.

MD Data, uma versão para armazenar dados de computador foi anunciada pela Sony em 1993, mas isso nunca obteve um grande significado, então, hoje os MDs são usados primariamente para armazenar áudio. Com a necessidade de se impor no mercado e devido ao fracasso do formato DAT, a Sony lançou o Mini Disk (MD), que não é mais que um mini CD regravável, dentro de uma caixa protetora.
Embora o MiniDisc tenham tido certo sucesso, ele não surpreendeu muito nos EUA e na Europa como a Sony esperava, porém, no Japão era um sucesso absoluto, sendo muito popular. O pouco sucesso também era devido ao alto custo na produção de álbuns em MD, alguns álbuns foram realizados pela própria Sony, mas com o tempo houve uma descontinuidade do processo. O produto (MD) foi licenciado para outras companhias produzirem também, como: JVC, Sharp, Pioneer, Panasonic entre outras.

Digital Audio Tape (DAT) é um cassete de gravação digital apresentado pela Sony no final dos anos 1980, em concorrência com o formato DCC da Philips. Devido ao elevado preço dos equipamentos e das cassetes, foram utilizadas quase exclusivamente nos meios profissionais.
A evolução desse formato originou a Fita DDS, Digital Data Storage, utilizada pela informática até então, com capacidades superiores a 80Gb. Porém, os diversos cassetes originados desse formato são popularmente chamados de Fita DAT.