MinC e Ancine lançam edital de Restauração e Digitalização de Conteúdos Audiovisuais

MinC e Ancine lançam edital de Restauração e Digitalização de Conteúdos Audiovisuais

No dia 28 de dezembro foi divulgado o edital de Restauro e Digitalização de Conteúdos Audiovisuais. O investimento para os projetos selecionados é de R$ 23,375 milhões.

O edital exige a inclusão de recursos de acessibilidade audiovisual nos projetos: Audiodescrição, janela de Libras e Closed Captions.

Os interessados poderão se inscrever até o dia 26 de fevereiro pelo endereço http://mapas.cultura.gov.br/. Poderão participar empresas do setor audiovisual com fins lucrativos que estejam classificadas como agentes econômicos brasileiros independentes pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), com registro regular, devendo comprovar a titularidade sobre as obras listadas em seu projeto ou as devidas autorizações dos direitos morais e patrimoniais para os processamentos e finalidades propostos.

O edital, atualmente, pode ser conferido no seguinte endereço: http://cultura.gov.br/documentos/audiovisualgerafuturo-edital-de-restauro-e-digitalizacao-de-conteudos-audiovisuais/.

Mais informações sobre a seleção podem ser obtidas pelo e-mail concurso.sav@cultura.gov.br

Saiba mais sobre os serviços de acessibilidade audiovisual da Video Shack acessando o link https://www.videoshack.com.br/acessibilidade-para-tv-cinema-audiodescricao-closed-caption-e-libras/

FONTE: ANCINE

Libras – Acessibilidade Audiovisual – Brasil 5º maior produtor audiovisual do mundo

Libras – Acessibilidade Audiovisual – Brasil 5º maior produtor audiovisual do mundo

Libras no Mundo Audiovisual

Seguindo os objetivos do Ministério da Cultura, de transformar o Brasil em um dos 5 maiores produtores audiovisuais do mundo, entrando na seleta lista onde Índia, Nigéria, Estados Unidos e China estão na frente, é muito importante estarmos atentos a inclusão dos deficientes auditivos. Segundo Censo do IBGE de 2010, somam cerca de 9,7 milhões de pessoas. Desses, 2.147.366 milhões apresentam deficiência auditiva severa, situação em que há uma perda entre 70 e 90 decibéis (dB). E destes, um milhão são jovens até 19 anos.

A previsão deste acontecimento é, em média 10 anos. Segundo o Ministro da Cultura Sá Leitão, a ampliação do potencial audiovisual no País deverá se dar por meio do aproveitamento integral dos recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

A força e a potência econômica das atividades culturais, principalmente a audiovisual como economia criativa, representa 2,64% do PIB nacional — no caso do Rio de Janeiro, representa mais de 4% —, é uma das dez maiores atividades econômicas do Brasil e gera um milhão de empregos diretos.

Acessibilidade Audiovisual para Deficientes Auditivos

Libras é uma sigla e significa Língua Brasileira de Sinais. São formas gestuais utilizadas na comunicação de deficientes auditivos, onde é possível também a comunicação em geral com pessoas que não possuem a deficiência.

Sua origem foi baseada na linguagem de sinais francesa e em outros conjuntos de sinais existentes no mundo inteiro.

Cada país tem a sua própria língua de sinais, assim como a língua falada, dependendo da cultura do local e das expressões e regionalismos utilizados na linguagem comum, ela é aplicada.

Formada por diferentes níveis linguísticos, tais como sintaxe, semântica, morfologia, etc, ela possui uma grande diferença que é a percepção visual-espacial e a modalidade de articulação.

Desafios da inserção de Janelas de Libras nos projetos Audiovisuais

Hoje, Libras está oficializado como o segundo idioma brasileiro, de acordo com a Lei n°10.436/2002. A falta de intérpretes ainda é desafio para inclusão com acessibilidade audiovisual, o que significa proporcionar aos deficientes auditivos meios para aprender e se desenvolver da mesma maneira dos demais. Diante deste fato, a Video Shack buscou estar bem preparada, com interpretes profissionais para atender esta demanda.

Empresas e profissionais produtores de programas de TV ou audiovisual (Cinema), devem estar atentos às leis vigentes e as possíveis perdas econômicas de seus produtos, caso estejam fora da fatia dos quase 10 milhões de espectadores surdos, que necessitam de acesso a cultura.

Saiba mais sobre nossos serviços de acessibilidade audiovisual: roteiro, produção em estúdio, edição e finalização para TV em cópias XDCAM, cópias de Depósito Legal na Cinemateca Brasileira e CTAV e Cinema com a conversão para DCP – Digital Cinema Package, nas modalidades Libras, Audiodescrição e Closed Captions.

A acessibilidade audiovisual para surdos ainda é um desafio. Essa parcela da população ainda enfrenta dificuldades para conseguir realizar atividades cotidianas. A professora de Libras do INES – Instituto Nacional de Educação de Surdos, Renata Rezende, que é surda, diz que um dos principais problemas é a falta de intérpretes.

Precisa inserir Janelas de Libras em seus projetos? Clique aqui e fale conosco.

Eleições 2018 – Propaganda Eleitoral com Intérpretes de Libras e Audiodescrição

Eleições 2018 – Propaganda Eleitoral com Intérpretes de Libras e Audiodescrição

VIDEO SHACK monta plantão para propaganda eleitoral com intérpretes de Libras e Audiodescritores na campanha 2018.

Estamos próximos das Eleições para presidente, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Por isso, fique atento as datas: primeiro turno no dia 7 de outubro e segundo turno dia 28 de outubro.

PROPAGANDA ELEITORAL COM INTÉRPRETES DE LIBRAS E AUDIODESCRITORES

Uma vez que o desempenho dos candidatos depende do uso do Marketing Político é importante seguir e observar as leis.  Sem dúvida a propaganda eleitoral com intrépretes de Libras, Closed Caption e Audiodescrição é uma das mais importantes.

Propagandas e divulgação nas eleições 2018

São realizadas ações e práticas para que o candidato tenha sua imagem divulgada junto ao eleitor. Portanto, vários recursos de divulgação como envio de mensagens por WhatsApp, SMS, Voz e postagens em redes sociais, são disponibilizados. Com toda a certeza, a divulgação mais tradicional em TV e rádio permanece e a acessibilidade audiovisual deve ser adicionada. Em resumo, vídeos de propaganda político-partidária e eleitoral de forma gratuita são veiculados.

Entende-se por propaganda política toda atividade que vise diretamente promover candidaturas, seja atividade dos candidatos.

Já a propaganda eleitoral é aquela voltada à população em geral com o intuito de propagar o nome e a candidatura de determinado postulante ao pleito.

Também temos o termo propaganda partidária, com a finalidade de divulgação dos ideais, programas e propostas dos partidos políticos.

Consta na RESOLUÇÃO TSE 23.457/2015. Art. 36. § 4º a implementação obrigatória de Acessibilidade Audiovisual, com língua brasileira de sinais (Libras), recursos de legendas descritivas e audiodescrição nas campanhas. Lei nº 13.146/2015, arts. 67 e 76, § 1º, inciso III

Esta demanda para recursos de acessibilidade audiovisual, obrigatórios na propaganda eleitoral gratuita do TSE, aumentou muito após implementação da lei. Fato este que mobilizou a equipe da Video Shack para conseguir atender aos prazos urgentes exigidos pelas produtoras. Vamos montar um plantão com intérpretes de Libras e Audiodescritores, que ficarão à disposição no estúdio de gravação. Dessa forma será possível viabilizar a finalização de cópias de última hora, para entrega nas emissoras.

Ricardo Langer, diretor da Video Shack, comenta a decisão para a criação do plantão de acessibilidade audiovisual:

Sem este plantão, seria praticamente impossível conseguir entregar os filmes de propaganda eleitoral com intérpretes de Libras e audiodescrição. Tudo deve ser antecipado para a entrega dentro do horário limite determinado pelas emissoras.

Os horários do plantão ainda estão sendo definidos, assim como o rodízio de turnos dos intérpretes de Libras e audiodescritores.  Todos irão estar à disposição das produtoras que contratarem o pacote de serviços de acessibilidade audiovisual com a Video Shack. O pacote inclui: Janela de Libras, Audiodescrição e Closed Captions, além da finalização dos recursos no filme e preparação do arquivo dentro das normas e padrões broadcasting.

Maiores informações: Acesse aqui a página de Acessibilidade Audiovisual

Contato: atendimento@videoshack.com.br

Telefone: 21 2540-7910

PROPAGANDA ELEITORAL COM INTÉRPRETES DE LIBRAS E AUDIODESCRITORES
VIDEO SHACK PRODUZ ACESSIBILIDADE AUDIOVISUAL DO FESTIVAL CINE.EMA 2018

VIDEO SHACK PRODUZ ACESSIBILIDADE AUDIOVISUAL DO FESTIVAL CINE.EMA 2018

Em parceria com a Caju Produções, estamos realizando a produção dos recursos de acessibilidade audiovisual do festival CINE.EMA 2018. O Festival de Cinema Ambiental e Sustentável do Espírito Santo, ocorrerá entre 7 e 9 de Junho de 2018. Realizado em terras capixabas desde 2015, em Burarama, o local fica na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do estado. Este ano, o festival traz ainda uma nova atração: o Cine.Eminha, uma mostra destinada ao público infantil.

Assim sendo, seremos responsáveis pelos serviços de legendagem descritiva (closed captions), audiodescrição e janela de Libras de diversas obras. Tais ferramentas são essenciais para a inclusão de milhares de cidadãos brasileiros cegos e surdos. Desse modo, os recursos permitirão que o desenvolvimento sustentável do planeta possa ser debatido por pessoas com diferentes condições e experiências de vida. Em conclusão, o cinema e o meio ambiente ganham e agradecem!

Acesse a página abaixo e saiba mais:

Veja também

Prazo da Ancine para adaptação de salas de cinema a Libras, Closed Captions e Audiodescrição é Novembro de 2018

Prazo da Ancine para adaptação de salas de cinema a Libras, Closed Captions e Audiodescrição é Novembro de 2018

A Diretoria Colegiada da ANCINE – Agência Nacional do Cinema havia prorrogado o prazo originalmente fixado em Novembro de 2017. A partir de novembro de 2018, os cinemas deverão oferecer recursos de legendagem descritiva, Audiodescrição, Libras e Closed Captions.

Com a decisão da Diretoria, foi editada a Instrução Normativa nº 137 determinando a data para o cumprimento das obrigações para o dia 16 de novembro de 2018. Também ficou determinado o dia 16 de setembro de 2019 como prazo limite para que todo o parque exibidor brasileiro ofereça os recursos de acessibilidade.

De acordo com a Instrução Normativa nº 128, as salas de exibição comercial deverão dispor de tecnologia assistiva voltada à fruição dos recursos de legendagem, legendagem descritiva, audiodescrição e Libras – Língua Brasileira de Sinais. Os recursos devem ser providos em modalidade que permita o acesso individual ao conteúdo especial, sem interferir na fruição dos demais espectadores. Cabe ao exibidor dispor de tecnologia assistiva em todas as sessões comerciais, sempre que solicitado pelo espectador. O quantitativo mínimo de equipamentos e suportes individuais voltados à promoção da acessibilidade visual e auditiva varia em função do tamanho do complexo.

O que foi alterado pela decisão de agora diz respeito aos prazos para a adequação à nova regra. Os grupos exibidores com mais de 20 salas de cinema têm até o dia 16 de novembro de 2018 para adaptar um mínimo de 50% das suas salas aos recursos de acessibilidade. Para os grupos de menor porte, a exigência para a data citada é de 30% de suas salas. Fica determinado o dia 16 de setembro de 2019 como prazo final para que todo o parque exibidor brasileiro ofereça ao público os recursos implantados de legendagem descritiva, audiodescrição e libras.

Aos distribuidores cabe disponibilizar cópias com os recursos de acessibilidade em todas as obras audiovisuais por eles distribuídas. Neste caso, as exigências previstas no normativo já estão plenamente em vigor.

Esta norma compõe o conjunto de ações empreendido pela ANCINE voltado à promoção do acesso visual e auditivo ao conteúdo audiovisual, que inclui também a Instrução Normativa nº 116, que dispõe sobre a obrigatoriedade da apresentação de recursos de acessibilidade nos projetos financiados com recursos públicos federais gerenciados pela Agência.

Conheça nossos serviços de acessibilidade: Audiodescrição, Libras e Closed Captions.